MURAL DA SEMANA - 16/10/2018

MURAL DA SEMANA - 16/10/2018

TEMÁTICA IELB 2018

TEMÁTICA IELB 2018

quarta-feira, 2 de maio de 2018

ALMA ABATIDA???

O Salmo 42 é deveras confortador e de uma profundidade extraordinária. O seu tema: A alma sedenta por Deus.  Por que estás abatida, ó minha alma?”, significa literalmente: “Por que estás prostrado ao chão?” O quadro é de um homem esmagado por um fardo pesado demais para ele suportar... “Por que te perturbas dentro de mim?”, significa literalmente: “Por que estás soltando um bramido de lamento dentro de mim?” A referência é ao tumulto interior de alguém que se sente atordoado pela vida. A implicação da palavra “por que” é que o salmista reconhecia que não deveria estar prostrado ao chão, não deveria estar cheio de confusão interior...
O salmista estava desenvolvendo um tipo de conversa franca consigo mesmo. É como se a gente dissesse pra si mesmo: “Pare de sentir pena de si mesmo, Sérgio, e saia dessa!” A mensagem do salmista para si mesmo era: “Pare de ser depressivo e comece a esperar em Deus!”. A esperança dele não residia em si mesmo, nem nos outros, nem mesmo em técnicas psicológicas, mas em Deus. Era Deus quem podia ajudá-lo. A esperança bíblica não é um “tomara-que sim”, mas é CONFIANÇA. O salmista terminou o versículo 5 confiante de que, no final, sua oração seria respondida: “Espera em Deus, pois ainda o louvarei [no templo], a ele, meu auxílio e Deus meu”!
Mas, o salmista também se volta para Deus. Por outro lado, sabia de fato que Deus não o desampararia. Ele oscilava entre a escuridão do desespero e a claridade da fé.
Quando as ondas turbulentas arrebentavam sobre ele, o salmista subia em cima da rocha, cheio de dúvidas. Ele erguia a face para o alto e clamava: “Por que Deus permitia aquela tribulação? Por quê? Por quê?” É óbvio que o salmista estava magoado; completamente desanimado. Perguntamos: Afinal, “qual era a razão?” Ao analisarmos as palavras dele, parece óbvio que ele estava olhando demais para os problemas e muito pouco para as promessas de Deus... Queixas e mais queixas, lamúrias e descontentamento... e as promessas de Deus ficaram esquecidas... Não é isto que acontece com você e comigo, em muitas situações?!!!
E você, o que está entristecendo a sua alma? O que está perturbando e preocupando você? Será a morte de um ente-querido?! Uma doença? Sua família? A situação financeira? Você lembra como o Salmista resolveu o abatimento e tristeza de sua alma???  Quando se fica desanimado, a parte essencial da recuperação é olhar para as promessas de Deus, ou seja: ESPERAR EM DEUS = CONFIAR...
O salmista lembrou-se disso e fez isso. E assim, ele foi tomado de uma nova e viva esperança, a de que: Deus satisfaria os anseios de sua alma (42:1, 2); Deus estaria com ele sempre (42:5);  Deus faria tudo acabar bem no final (42:5, 11; 43:5); Deus continuaria o amando, incondicionalmente (42:8) e O SENHOR o guardaria de todo mal; guardaria a sua alma. Que o SENHOR guardaria a sua saída e a sua entrada, desde agora e para sempre. (43:1 – Salmo 121.7).
Portanto, sigamos o exemplo do salmista e confiemos nas promessas de Deus. Vamos colocar a nossa vida nas mãos do SENHOR, esperar nele, e ele nos ajudará (Sl 37.5). Pois, “os que esperam no SENHOR renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam” (Isaías 40.31).

Nenhum comentário: