500 ANOS REFORMA LUTERANA

500 ANOS REFORMA LUTERANA
Congregação Cristo de Videira dá início às comemorações dos 500 Anos Reforma Luterana, com autdoor do selo comemorativo...

MURAL DA SEMANA - 13/06/2017

MURAL DA SEMANA - 13/06/2017
CLIQUE na figura e acese nosso FACE PAROQUIAL

TEMÁTICA IELB 2017

TEMÁTICA IELB 2017

IELB TV

Loading...

VÍDEOS: Programa da IELB no YouTube

Loading...

terça-feira, 25 de outubro de 2016

CARROÇA VAZIA



Certa manhã, meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque e eu aceite com prazer. Ele se deteve numa clareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou:
- Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa?

Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:
- Estou ouvindo um barulho de carroça.
- Isso mesmo, disse meu pai, e uma carroça vazia.
Perguntei ao meu pai:
- Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?
Ora, respondeu meu pai, é muito fácil saber que uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça maior é o barulho que faz.
Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, gritando (no sentido de intimidar), tratando o próximo com grossura inoportuna, prepotente, interrompendo a conversa de todo mundo e, querendo demonstrar que é a dona da razão e da verdade absoluta, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo: "Quanto mais vazia a carroça maior é o barulho que faz..." (Autor desconhecido)
Esta é a realidade da história Bíblica do Fariseu e o Publicano, que foram ao templo para orar (Lucas 18.9-14). O Fariseu era membro da seita mais ortodoxa dos judeus. Estava em pé no templo. Fez seu o objetivo de ser tão destacado e visível quanto possível. Ele orava de si para si mesmo. Literalmente: Suas palavras eram mais de congratulação e louvor de si mesmo, do que uma comunicação com Deus. Vaidosamente enumerou suas supostas virtudes, agradecendo também a Deus, porque não era como as outras pessoas...
O fariseu é um tipo de todas as pessoas presunçosas de todos os tempos, de cada pessoa que se agrada a si mesma e que tem prazer em sim mesma, em seu próprio ser e agir que julga maravilhosos; que se gaba diante de Deus de sua honestidade civil e de sua reputação que julga imaculada, de sua brilhante virtude exterior, e que aponta o dedo para os outros com desdém... é oco e barulhento... é carroça vazia...
O publicano não tinha nada da arrogância e autoconfiança do fariseu. Estava em pé, longe, provavelmente na sombra dum pilar, onde podia passar o quanto mais possível desapercebido. Está vivamente consciente de sua indignidade... Sua oração é curta e profunda: “Ó Deus, tem pena de mim, pois sou pecador!”
E Jesus terminou, dizendo: “Eu afirmo a vocês que foi este homem, e não o outro, que voltou para casa em paz com Deus. Porque quem se engrandece será humilhado, e quem se humilha será engrandecido (Lucas 18.14).

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

VOCÊ SABE ONDE DEVE ESTAR



     Don Wilkerson, Diretor Executivo do Global Teen Challenge, Co-Fundador do ministério Desafio Jovem, autor do Best-Seller “A Cruz e o Punhal”, conta que, quando com dez anos, ele e um amigo estavam jogando futebol na rua em frente de sua casa. Era de noitinha e em dado momento sua mãe apareceu dizendo:
     – Está na hora de entrar e arrumar-se para ir à igreja.
     Mas ele simplesmente a ignorou e continuou jogando. Por fim, disse à sua mãe:
       – Hoje eu não vou.
     A mãe ficou parada, encarou o menino e falou:
     – Bem, você sabe onde deve estar.
     E tendo falado isto, entrou. Seus pais o haviam permitido praticar esporte, mas ensinavam e recomendavam que a igreja viesse em primeiro lugar. Ainda assim ele foi assistir um jogo de futebol da escola, mas não conseguiu se divertir, pois sua consciência “latejava” feito uma luz vermelha piscando. A voz de sua mãe ficava se repetindo em seu pensamento: 
     – Bem, você sabe onde deve estar.
     Acabou saindo do jogo e foi para a igreja. Imediatamente a irritante “luzinha vermelha” de sinalização da consciência apagou-se e ele voltou a se sentir bem outra vez. Agora sabia onde estava: Estava no centro da vontade de Deus! (Autor desconhecido)
      E você, qual é a prioridade da sua vida? Tem buscado estar no centro da vontade de Deus?
     Jesus em sua palavra nos lembra: “... não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes? Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves? ... Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus e aquilo que Deus quer, e ele lhes dará todas essas coisas”(Mateus 6.25-34).

terça-feira, 12 de julho de 2016

É MEU IRMÃO


A história conta que certa noite, em uma forte nevasca, na sede da entidade “Missão dos Órfãos” em Washington, EUA, um pastor ouviu alguém bater na porta. Ao abri-la, ele se deparou com um menino coberto de neve, com poucas roupas, trazendo em suas costas, outro menino mais novo. A fome estampada no rosto, o frio e a miséria deles comoveram o pastor.
O sacerdote mandou-os entrar e falou:
– Ele deve ser muito pesado.
E o menino exclamou:
 Ele não é pesado, é meu irmão...
Detalhe: Na verdade eles nem eram irmãos de sangue, mas irmãos de rua... (Autor desconhecido)
Em meio ao corre e corre da vida, seria muito bom se parássemos por um instante e observássemos a realidade que nos cerca, o nosso próximo, as muitas pessoas, clamando por ajuda, por um ombro amigo, por uma palavra, por uma ação concreta da nossa parte; esta pessoa pode ser alguém da nossa família, um parente, nosso vizinho, nosso amigo ou até mesmo um desconhecido... Certo é que, em algum momento da vida, todos nós precisamos de amparo, atenção, de carinho, de ajuda, e como seria triste não ter ninguém, estar jogado à “própria sorte”, ao abandono total...
Por isso, o Senhor e Salvador Jesus Cristo nos ensina em seu amor e sua palavra:
- ”O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos. Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer. Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda. Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros” (João 15.12-17). E acrescenta:
- “Em verdade vos afirmo que, sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes...” e, “Em verdade vos digo que, sempre que o deixastes de fazer a um destes mais pequeninos, a mim o deixastes de fazer” (Mateus 25.40,45).
Que o AMOR de Jesus e o exemplo daquele menino nos motivem e impulsionem – Ele não é pesado, é meu IRMÃO!!!

quinta-feira, 23 de junho de 2016

JESUS EM NOSSO LAR



Um dia, Jesus visitou um jovem rapaz. Ao entrar, sentou-se na sala e logo viu a Bíblia aberta no Salmo 91. Numa das paredes estava pendurado um bordado da Santa Ceia:
- Bela casa, meu jovem disse Jesus! Gostaria de conhecê-la melhor. Posso ver onde você dorme?" No mesmo instante o rapaz se lembrou de que guardava, no quarto, umas revistas terríveis e inventou uma desculpa:
- "Não, Jesus, lá não! Meu quarto não está arrumado!"
- "Bem", disse Jesus, "e a cozinha, posso conhecer sua cozinha?"
O rapaz lembrou que na cozinha havia algumas garrafas de bebida que ele não gostaria que Jesus visse.
- "Senhor, desculpe, mas prefiro que não", respondeu o rapaz, "a minha cozinha está vazia, não tenho nada de bom para oferecê-lo." Neste instante, um barulho forte interrompe a conversa. Era alguém que batia furiosamente na porta, o rapaz se levantou assustado, e foi ver quem era. Abriu a porta meio desconfiado e viu que era o diabo.
- "Sai da frente que eu quero entrar!", gritou o tentador.
- "De jeito nenhum", respondeu o rapaz, e assim começou a briga. Com muita dificuldade o homem conseguiu empurrar o diabo e fechar a porta.
Mal se sentou e outra vez a conversa é interrompida por um barulho forte que vinha da janela do quarto. O rapaz correu para ver quem era e ao abri-la se deparou, de novo com o diabo:
- "Agora não tem jeito, eu vou entrar!", disse o inimigo. Mais uma vez o rapaz se debateu com ele e conseguiu trancar a janela. O rapaz, já exausto, e contrariado, disse a Jesus:
- "Eu não entendo. O Senhor está na minha casa e por que o diabo fica insistindo em entrar?"
- "Sabe o que é meu filho", explicou Jesus, "é que na sua casa você só me deu a sala..."
O rapaz humildemente entendeu a lição de Jesus e fez uma faxina na casa para entregá-la aos cuidados do Senhor. Neste instante, o diabo bateu mais uma vez à porta. O rapaz olhou para Jesus sem entender, e o Senhor disse:
- "Deixa que eu vou atender..." Quando o diabo viu que era Jesus, que atendia a porta, disse:
- "Desculpe, foi engano!" e desapareceu... (Autor desconhecido)
A palavra de Deus nos lembra: Feliz aquele que teme a Deus, o SENHOR, e vive de acordo com a sua vontade! Se você for assim, ganhará o suficiente para viver, será feliz, e tudo dará certo para você. Em casa, a sua mulher será como uma parreira que dá muita uva; e, em volta da mesa, os seus filhos serão como oliveiras novas. Quem teme ao SENHOR certamente será abençoado assim... (Salmo 128.1-4).
Viva como filho(a) de Deus e permita que Jesus seja SENHOR da sua casa e um hospede permanente em todas as suas repartições. Ele é companhia segura e muito abençoada. Amém.