MURAL DA SEMANA

MURAL DA SEMANA
OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO ESPIRITUAL

TEMÁTICA IELB 2019

TEMÁTICA IELB 2019

terça-feira, 25 de junho de 2019

ALEGRIA DA VIDA


Certa tarde, uma senhora estava voltando para casa. Tomou o ônibus e viu que as pessoas dentro do ônibus estavam todas sérias. Pareciam cansadas e desanimadas. Ninguém falava com ninguém. Uma mãe tinha ao seu lado a filha segurando um grande balão, destes que se costuma usar em festas de aniversário. A menina brincava com o balão quando, de repente, ele estourou. A senhora pensou que a menina iria chorar e reclamar por causa do balão. Mas, inesperadamente, a mãe da menina começou a rir. Ela ria com tanto gosto que a menina também começou a rir e mais pessoas dentro do ônibus começaram a rir. Quanto tudo estava preparado para um momento de choro e de reclamação, o riso mudou todo o ambiente daquele ônibus. (Autor desconhecido)
É isso que acontece quando entendemos o amor de Deus. Em nossa vida, pelos erros que cometemos, tudo se prepara para um desfecho triste, cheio de choro e reclamação. No entanto, Deus nos preparou algo totalmente diferente. Em Jesus Cristo, Deus trouxe para o mundo um final feliz. Cristo transformou a morte em vida, o choro em alegria, o desespero em esperança. Ele venceu o mal, venceu a morte, pagou pelos nossos pecados. Pensando no amor de Jesus, a nossa boca pode se encher de riso e de paz.
Quando a tristeza e o desânimo quiserem tomar conta de sua vida, lembre-se da mensagem de alegria que Deus anuncia. Lembre-se da história daquela mãe com a criança no ônibus. Se a mãe tivesse ficado triste, tudo terminaria em choro. Mas ela riu, porque nada grave havia acontecido. Assim é em nossa vida. Quando confiamos em Jesus, e vivemos em sua presença e no seu Amor, nada pode nos perturbar, e seremos mais que vencedores.
Essa também é a recomendação do apóstolo Paulo: “Tenham sempre alegria, unidos com o Senhor! Repito: tenham alegria! Sejam amáveis com todos. O Senhor virá logo. Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido. E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Por último, meus irmãos, encham a mente de vocês com tudo o que é bom e merece elogios, isto é, tudo o que é verdadeiro, digno, correto, puro, agradável e decente. Ponham em prática o que vocês receberam e aprenderam de mim, tanto com as minhas palavras como com as minhas ações. [...] Sei o que é estar necessitado e sei também o que é ter mais do que é preciso. Aprendi o segredo de me sentir contente em todo lugar e em qualquer situação, quer esteja alimentado ou com fome, quer tenha muito ou tenha pouco. Com a força que Cristo me dá, posso enfrentar qualquer situação” (Filipenses 4.4-13). Amém.

quarta-feira, 3 de abril de 2019

PAI, CONSEGUIMOS...


Um menino estava tentando tirar um objeto que atrapalhava o caminho por onde ele andava de bicicleta. Como não tinha força suficiente para empurrar o objeto, disse ao seu pai que o observava: “não consigo tirar esse negócio do caminho, pai!”.
O pai perguntou se ele já tinha pensado e usado todos os meios para mover o obstáculo. O menino respondeu que sim. Então o pai disse ao filho: “parece que você esqueceu de pedir ajuda a mim.” O menino, então, sorriu.
Juntos, pai e filho tiraram o objeto que atrapalhava o percurso da bicicleta. No final, o menino disse: “Pai, conseguimos. Obrigado!” (Autor desconhecido)
Parece que isso já aconteceu ou acontece com cada um de nós, não é mesmo? Quantas vezes esquecemos de nos relacionar, de buscar ajuda como o nosso Pai do Céu, e queremos tirar as pedras do nosso caminho sozinhos?
Na verdade, essa é uma situação natural ao ser humano. Sozinhos, não conseguimos manter um relacionamento com Deus. Precisamos de ajuda. Aqui entra o que o apóstolo Paulo nos diz no capítulo 4 de sua carta aos Gálatas: “Deus enviou o Espírito do Filho ao nosso coração, o Espírito que exclama: Pai, meu Pai” (Gl 4.6). O Espírito Santo, ou, como diz a Bíblia Sagrada em muitas outras passagens, o Auxiliador, o Confortador, nos remete para Deus. Ele faz com que nos relacionemos com Deus. “Ele nos assiste em nossas fraquezas, porque não sabemos orar como convêm” (Rm 8.26).
“Pai, conseguimos. Obrigado!” Assim o filho expressou sua alegria pela ajuda que recebeu do Pai para tirar a pedra do caminho.
E nós, diante da permanente ajuda que recebemos do Pai celestial, qual tem sido a nossa resposta a ele? Temos um coração agradecido e disposição constante para lhe servir e render culto de louvor? Falamos e testemunhamos do seu grande amor para conosco ou simplesmente atribuímos tudo à “sorte” e ao nosso esforço? Que nós sigamos a recomendação do apóstolo Paulo: “Não se embriaguem, pois a bebida levará vocês à desgraça; mas encham-se do Espírito de Deus. Animem uns aos outros com salmos, hinos e canções espirituais. Cantem, de todo o coração, hinos e salmos ao Senhor. Em nome do nosso Senhor Jesus Cristo, agradeçam sempre todas as coisas a Deus, o Pai (Efésios 5.18-20 - BLH).
Portanto, FIRMADOS EM CRISTO, SEGUIMOS E COMPARTILHAMOS OS ENSINAMENTOS DOS APÓSTOLOS... E o SENHOR Deus continuará a fazer maravilhas em nosso meio, na família, na igreja e no lugar onde fomos colocados por ele. Amém.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

CONECTADOS COM DEUS


SE NÃO TIVER AMOR, EU NADA SEREI - Esse foi o tema do último culto (03/02), baseado no texto bíblico de 1Coríntios 13.2: “AINDA QUE EU TENHA O DOM DE PROFETIZAR E CONHEÇA TODOS OS MISTÉRIOS E TODA A CIÊNCIA; AINDA QUE EU TENHA TAMANHA FÉ, A PONTO DE TRANSPORTAR MONTES, SE NÃO TIVER AMOR, NADA SEREI”...
Alguém disse certa vez: “SE EU NÃO FOR NO CULTO, ESTOU PERDENDO!!!”  E, de fato, cada culto é um momento sem igual, uma oportunidade de recarregar a energia espiritual... No culto nós temos o momento especial de OUVIR O ANÚNCIO DO PERDÃO dos pecados, que são constantes em nosso viver... no culto temos a PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO salvador de Jesus que acalma, fortalece, oriente e direciona nossa vida de comunhão com Deus... no culto temos o ABRAÇO DO PERDÃO através da Santa Ceia, onde Jesus vem com seu corpo e sangue em, com e sob o pão e o vinho, dando-nos a certeza do perdão dos pecados e fortalecendo a nossa FÉ, ESPERANÇA E AMOR, que são essenciais para nossa vida na família, na igreja e na sociedade... entre outros.
Por isso, o apóstolo Paulo diz: SE NÃO TIVER AMOR (ágape, no grego) NADA SEREI, definindo-o assim: “Quem ama é paciente e bondoso. Quem ama não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso. Quem ama não é grosseiro nem egoísta; não fica irritado, nem guarda mágoas. Quem ama não fica alegre quando alguém faz uma coisa errada, mas se alegra quando alguém faz o que é certo. Quem ama nunca desiste, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência. O amor é eterno...” 1Coríntios 13.4-8) E esse AMOR só encontramos em Deus, ele é a única fonte e o doador deste AMOR, que faz toda diferença em nosso viver.
Ao olharmos para o nosso celular, Smartphone, ou tablet, é comum a gente conferir o nível de carga, para não ficarmos sem conexão e, ás vezes, recebemos o alerta: BATERIA FRACA...  Agora, olhando para o que é essencial para nossa vida como a FÉ, a ESPERANÇA e o AMOR, que são dádivas de Deus e que só os que vivem conectados com ele tem, qual é o nível de energia de cada um??? 100%? 50%? 30%? Ou, BATERIA FRACA?
Não permita que a chuva, o frio, o calor, pessoas, ou qualquer outra coisa o atrapalhe para estar na casa de Deus. Venha conectar-se com A FONTE que é Deus, pois na igreja estão as “tomadas” para recarregar a sua energia e não correr o risco de ficar sem carga... “ALEGREI-ME QUANDO ME DISSERAM: VAMOS À CASA DO SENHOR. ” (Salmo 122.1)